O Simpósio de Engenharia Ferroviária

O Simpósio surgiu em 2017, a partir da colaboração entre a UNICAMP, a UFES e o IFES e apoio das instituições envolvidas no programa Cátedra Roda-Trilho, financiado pela Vale S.A.  A primeira edição contou com cerca de 60 participantes entre engenheiros de empresas do setor ferroviário, pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação. Foram apresentados trabalhos de pesquisas relacionadas aos temas dos projetos em desenvolvimento na Cátedra. O destaque foi sua mesa redonda, na qual participaram a ABIFER, SIMEFRE e UNICAMP, que discutiram sobre a importância da pesquisa científica e tecnológica para a Indústria Ferroviária Brasileira.

Em 2018, o evento cresceu, chegando a mais de 90 participantes. Com apoio de fornecedores e operadoras, foram apresentados trabalhos sobre Soldagem de Trilhos, Dinâmica de Veículos, Comportamento de Materiais e diversos outros. Um dos destaques foi a discussão sobre os Desafios para a Indústria Ferroviária no Brasil (ABIFER, VALE, UNICAMP). A organização passou a ser feita também pela POLI-USP, UNISANTA e UFJF. 

O Simpósio de 2019 teve 150 participantes que se reuniram no Auditório do Instituto Eldorado.  Dessa vez, com o patrocínio da RUMO e parceria da VALE, foram discutidos temas fundamentais tanto para as operadoras quanto para as fabricantes de sistemas ferroviários, como: contato roda-trilho, dinâmica de material rodante, materiais, via permanente.  Pela primeira vez, trabalhos das três Cátedras foram apresentados (Roda-trilho, Vagões e Under rail), atingindo plenamente o objetivo primordial do Simpósio. Foi um tempo de muita interação, o que nos motivou a manter o formato do simpósio para as edições posteriores. 

A quarta edição foi, infelizmente, impactada pela pandemia de COVID-19. O evento presencial teve de ser cancelado e sua versão online ocorreu em 2021. Ainda assim, o evento foi novamente um sucesso! Naquela edição contamos com a parceria da Vale e patrocínios da RUMO e MRS, representando as concessionárias de carga, e da Greenbrier Maxion e Amsted Rail representando os fabricantes de material rodante. Juntou-se a nós, na organização, o IME (Instituto Militar de Engenharia), com sua enorme tradição na formação de profissionais ferroviários. Foram dois dias de palestras transmitidas pela internet, com a inscrição de mais de 500 pessoas e pico de audiência superior a 200 pessoas. Pela primeira vez, tivemos a participação de convidados internacionais, com palestras dos professores Buddhima Indraratna (University of Technology Sidney – Austrália), Mats Berg (KTH – Suécia) e Alejandro Toro (Universidad Nacional de Colombia).

Em 2022 foi realizado o V Simpósio de Engenharia Ferroviária, novamente no formato online. O evento teve duração de dois dias, com a participação de convidados nacionais e internacionais que trouxeram informações e opiniões relevantes para o setor ferroviário. O programa e os acessos estão disponíveis no site da empresa Galoá, que cuidou da organização do evento. Pela primeira vez, o evento recebeu trabalhos científicos e tecnológicos de pesquisadores e profissionais da área ferroviária. Os melhores vinte trabalhos, selecionados por uma comissão de especialistas, integraram os anais do simpósio. Cada trabalho teve sua indexação própria (D.O.I) e todos ficaram armazenados e disponíveis para o setor ferroviário

No ano de 2023, o Simpósio voltou a ser presencial. Além da manutenção de todos os avanços que já tivemos, dessa vez tivemos a parceria do IHHA – International Heavy Haul Association, que promoveu um kick-off da sua mundialmente reconhecida conferência, que se realizou no Rio, em agosto de 2023. Mantivemos dois dias de apresentação, com apresentações ligadas aos temas Roda-trilho, Veículos Ferroviários, Subestrutura de Via e Logística. Os trabalhos selecionados compuseram os Anais do VI Simpósio e quatro deles foram selecionados para a apresentação no IHHA.

Para 2024, o foco será na apresentação de inovações ligadas às quatro áreas prioritárias: roda-trilho, material rodante, underail e logística. Serão novamente convidados pesquisadores de relevância internacional sobre os temas.  As ferrovias terão seu espaço para a divulgação dos seus avanços e a interação entre instituições de pesquisa e ferrovias será priorizada para permitir a definição de novos projetos em conjunto. 

Envio de trabalhos

Envio de trabalhos até 1º de março de 2024.

Serão aceitos artigos de cunho técnico-científico que demonstrem avanços expressivos para a engenharia ferroviária brasileira em quatro eixos temáticos:

  • Vagões;
  • Roda-trilho
  • Under rail
  • Logística e Operações ferroviárias

 

Ao clicar no botão abaixo, você será redirecionado para o site do sistema de envio de artigos. Esse sistema é coordenado pela Even3, que faz a gestão do Simpósio. Se você ainda não tem conta nessa plataforma, será necessário criar um usuário e senha para cadastro.

Vicente Abate

Vicente Abate é residente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária – ABIFER e da Associação Brasileira de Ensaios não Destrutivos e Inspeção – ABENDI, membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social e Sustentável.

É Engenheiro Metalurgista formado pela Escola de Engenharia Mauá, pós-graduado em Tratamento Termomecânico de Metais pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Possui MBA em Marketing pela FGV-SP e Babson College dos EUA, além de PDE (Programa de Desenvolvimento Estratégico) na Fundação Dom Cabral. É consultor da Greenbrier Maxion e da Amsted Maxion, diretor de diversas entidades setoriais, entre elas o SIMEFRE, e conselheiro de importantes associações do setor da mobilidade, como a ANPTrilhos.