Evento será online e unirá academia e indústria para discutir as principais pesquisas desenvolvidas no setor

Em 2017, pesquisadores envolvidos em projetos sobre tecnologia ferroviária em diversas universidades se uniram para criar um evento de caráter eminentemente técnico, no qual os resultados dessas pesquisas pudessem ser apresentados. Foi assim que nasceu o Simpósio de Engenharia Ferroviário (SEF) – que, em seu primeiro ano, foi encabeçado por acadêmicos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Após o sucesso das edições anteriores, o SEF chega agora em sua quarta edição, que será realizada pela primeira vez em um formato totalmente online, devido ao atual cenário pandêmico. As inscrições para o evento, que acontecerá nos dias 19 e 20 de maio, já estão abertas e podem ser feitas no site https://www.simposio-ferroviario.com.br/.

“O SEF é uma oportunidade única de unir pesquisadores de diferentes universidades em prol de um objetivo comum e conhecer mais sobre os estudos que vem sendo realizados por eles, além de nos conectar com os engenheiros da indústria ferroviária”, conta Auteliano Antunes dos Santos Jr., Professor da Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) e integrante da comissão organizadora do SEF.

Ele destaca que o IV SEF contará com palestras conduzidas por autoridades do setor. No dia 19 de maio, por exemplo, o Ministério da Infraestrutura conduzirá uma apresentação sobre as perspectivas para inovações nas ferrovias brasileiras. Já no segundo dia, o SEF convida o presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (ABIFER), Vicente Abate, para trazer um panorama do setor ferroviário nacional.

A programação do Seminário também inclui apresentações de trabalhos acadêmicos e das empresas patrocinadoras, como a VALE, RUMO e MRS. Entre os assuntos que serão abordados nesta edição, estão: Ferrovia 4.0, projetos de lastro ferroviário, dinâmica de vagões, vida em serviço de rodas ferroviárias, soldagem de trilhos, instrumentação de via permanente, entre outros.

Vale destacar que, desde a sua criação, o comitê organizador do SEF cresceu e conta também com nomes como a Universidade Santa Cecília (Unisanta), a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a Poli-USP e Instituto Militar de Engenharia (IME).

Para mais informações, acesse: https://www.simposio-ferroviario.com.br/

Informações para a imprensa:

ADRIANA ROMA [email protected] Skype: adriana-roma +55 (19) 9 9816-6272

 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Envio de trabalhos

Envio de trabalhos até 1º de março de 2024.

Serão aceitos artigos de cunho técnico-científico que demonstrem avanços expressivos para a engenharia ferroviária brasileira em quatro eixos temáticos:

  • Vagões;
  • Roda-trilho
  • Under rail
  • Logística e Operações ferroviárias

 

Ao clicar no botão abaixo, você será redirecionado para o site do sistema de envio de artigos. Esse sistema é coordenado pela Even3, que faz a gestão do Simpósio. Se você ainda não tem conta nessa plataforma, será necessário criar um usuário e senha para cadastro.

Vicente Abate

Vicente Abate é residente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária – ABIFER e da Associação Brasileira de Ensaios não Destrutivos e Inspeção – ABENDI, membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social e Sustentável.

É Engenheiro Metalurgista formado pela Escola de Engenharia Mauá, pós-graduado em Tratamento Termomecânico de Metais pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Possui MBA em Marketing pela FGV-SP e Babson College dos EUA, além de PDE (Programa de Desenvolvimento Estratégico) na Fundação Dom Cabral. É consultor da Greenbrier Maxion e da Amsted Maxion, diretor de diversas entidades setoriais, entre elas o SIMEFRE, e conselheiro de importantes associações do setor da mobilidade, como a ANPTrilhos.